Congresso Willems® Brasil 2022

Formulário de inscrição on-line – Clique aqui

SALVADOR SERÁ O CENTRO INTERNACIONAL
DE EDUCAÇÃO MUSICAL DE 25 A 29 DE JULHO DE 2022

ABERTURA DO CONGRESSO
NO DOMINGO 24 DE JULHO
BEM-VINDO das 14:00 às 17:00

CONCERTO das 17:00 às 18:00

Você é um músico desejoso de transmitir sua paixão?
Você é um professor de música, que quer ampliar seu campo de experiência e reflexão?

O Congresso Willems® 2022 abre suas portas para você em Salvador-Bahia / Brasil para 5 dias de encontro, descoberta e prática pedagógica musical musical ativa e artística.

Três entidades combinarão seus pontos fortes e experiência para oferecer um programa de mais de 30 horas de aulas, oficinas e concertos:

Há mais de 50 anos, a FIW – Federação Internacional Willems – vem organizando cursos de conscientização sobre a pedagogia Willems® e formando professores, principalmente na Europa, assim como na Colômbia e no Brasil. Em Salvador foram realizados vários encontros e um Congresso em 2009.

O IEM- Instituto de Educação Musical – criado em 1992 por Carmen Mettig Rocha, vice-presidente da FIW para o Brasil, é uma escola de música que baseia seu programa pedagógico na metodologia Willems® para crianças desde os 3 anos de idade.

O NEOJIBA, Núcleos Estaduais de Orquestras Jovens e Infantis da Bahia – criado pelo pianista e regente Ricardo Castro em 2007, promove, incentiva e apoia o desenvolvimento e a interação social pela prática musical coletiva, instrumental e/ou vocal, às crianças, adolescentes e jovens do Estado da Bahia, seguindo o exemplo do movimento “El Sistema” na Venezuela.

Estas três estruturas têm um objetivo comum: proporcionar e promover a educação musical dos jovens pela prática artística ao alcance de todos e reconhecida como meio de desenvolvimento humano.

A educação musical pode começar de forma estruturada desde os 3 anos de idade, como no IEM, e naturalmente também com jovens que começam mais tarde, como no NEOJIBA.
Uma das particularidades da proposta pedagógica de Edgar Willems é que ela pode ser adaptada a qualquer idade e a qualquer situação, desde que as etapas de progressão sejam bem conhecidas.

Por mais de 50 anos, a FIW vem mostrando sua excelência neste campo. Este Congresso será liderado por uma equipe de artistas-pedagogos franceses altamente experientes, cada um em seu próprio campo, todos imbuídos e inspirados pela pedagogia Willems®.

Através de apresentações de aulas com crianças, oficinas práticas e tempo para intercâmbio entre participantes, o programa de mais de 30 horas permitirá que pessoas que não estão familiarizadas com esta abordagem pedagógica possam descobri-la em detalhes e na prática, e que professores experientes ampliem seu campo de ação e reflexão.

Este Congresso será liderado por uma equipe de artistas-pedagogos franceses altamente experientes, cada um em seu próprio campo, todos imbuídos e inspirados pela pedagogia Willems®:

Benjamin LUNETTA, contra-tenor, Diretor da Escola Willems® Ryméa de Lyon, especialista em voz infantil e na presença corporal do artista-músico.

Thibaut LOUPPE, organista, maestro e compositor, mestre de capela da Catedral de Saint Jean-Baptiste em Lyon, grande improvisador apaixonado pela pedagogia e transmissão musical.

Magali PEROL-DUMORA, soprano, solista em numerosas produções de ópera, professora de canto no Conservatório Superior de Musica de Genebra – Suiça, especializada em trabalho vocal para adultos, colaboradora regular dos Cursos de Formação Willems®.

Christophe LAZERGES, pedagogo-músico, especialista em pedagogia Willems®, formador da FIW, difunde incansavelmente sua grande experiência em educação musical e instrumental de bebês à músicos profissionais.

Cada professor conduzirá 3 oficinas diárias consecutivas:

  • Oficina A: 10:00 / 11:00
  • Oficina B: 11:30 / 12:30
  • Oficina C: 14:00 / 15:00

Os inscritos devem escolher uma oficina A, uma oficina B e uma oficina C, entre as 4 propostas em cada horário.
Cada oficina desenvolverá uma progressão ao longo dos 5 dias.
Recomenda-se, portanto, seguir o mesmo seminário 5 dias seguidos.
Por exemplo: A1 / B4 / C3 ou A2 / B1 / C4 … exceto A2/B2 e B4/C4 (mesmo conteúdo)

  • A1. Prática dos princípios pedagógicos do 1º e 2º graus Willems® – Christophe Lazerges
    Experimentar por si mesmo alguns dos elementos-chave desta progressão pedagógica é essencial para entender seu significado. Oficina muito concreta para a sensorialidade auditiva, sentido melódico através do canto, sentido rítmico através das palmas, sincronização áudio-motora através dos movimentos do corpo.
  • A2/B2. A presença corporal do músico – Benjamin Lunetta
    A música é invisível e impalpável, mas requer um corpo muito físico para ser realizada. Habitar o gesto musical através de uma presença corporal completa e global é essencial para ligar o pensamento musical, a sensibilidade artística e a realização concreta. Isto é o que os participantes experimentarão por si mesmos.
  • A3. Regência / iniciação do coral – Thibaut Louppe
    Conduzir um coral é, antes de tudo, reunir indivíduos para uma realização comum. O maestro deve ter uma idéia do que quer ouvir. O gesto não pode ser reduzido a uma técnica de marcação dos compassos, partida e parada. Depende deste pensamento. Então tem todas as chances de ser habitada para liderar as frases musicais e a coesão do grupo.
  • A4. Técnica vocal para adolescentes – Magali Perol-Dumora
    Um período delicado na vida dos jovens de 12 a 16 anos, a adolescência perturba os pontos de referência físiológicos e vocais. Através da prática física e concreta, o canto pode ajudar a desenvolver a autoconfiança que muitas vezes está em pauta.
  • B1. O início da leitura e o instrumento – Christophe Lazerges
    O primeiro objetivo desta oficina é conhecer as etapas que permitem uma leitura musical expressiva desde o início, da relatividade ao absoluto, e depois realizar esta leitura sobre o instrumento. Em segundo lugar, apresentaremos os quatro capítulos complementares da prática instrumental seguindo a pedagogia Willems®: tocar de ouvido, leitura à primeira vista, repertório e memória, improvisação.
  • B3. Regência coral / nível avançado – Thibaut Louppe
    Trabalho específico sobre cores, estilos diferentes de acordo com os períodos…
  • B4/C4. Técnica vocal para adultos – Magali Perol-Dumora
    Abrir caminhos de trabalho vocal pessoal, em pequenos grupos, para descobrir a própria voz e aumentar o prazer de cantar. A técnica vocal não é um fim em si mesma, é um meio de expressão musical que geralmente serve textos e é dirigido a um público.
  • C1. Improvisação em todas as suas formas: Rítmica / Melódica / Harmônica – Christophe Lazerges
    Não é quando você “sabe” que pode começar a improvisar, é através da improvisação que você aprende. Experimentaremos com os participantes os múltiplos aspectos deste aprendizado em ação, através da experimentação, e o interesse de enriquecer esta improvisação com elementos de consciência.
  • C2. A vocalidade das crianças – Benjamin Lunetta
    “Vocalidade” é uma dimensão pouco conhecida do canto para crianças. Entretanto, ela muda completamente o impacto de cantar da própria criança. Ao dirigir sua voz através de seu ouvido, ao cantar com todo seu corpo (e não apenas com suas cordas vocais), ao tentar dar o melhor de si mesmo, a criança entra em outra dimensão, colorindo o som de modo maleável para seu maior prazer!
  • C3. Improvisação e harmonia no coro – Thibaut Louppe
    A improvisação é muito pouco praticada em corais, porque muitas vezes está associada a um “presente” individual. Da mesma forma, a consciência harmônica é geralmente reservada aos estudantes avançados de composição.
    No entanto, há muitas maneiras de descobrir e experimentar estes dois aspectos da prática musical coletivamente, que os participantes descobrirão neste oficina.

A capacidade do espaço NEOJIBA comporta 200 participantes, dos quais 40 vagas são reservadas para professores do NEOJIBA.
Existem, portanto, 160 vagas disponíveis de acordo com uma taxa progressiva, dependendo da ordem de inscrição: quando o número de vagas de Tarifa 1 for atingido, será aplicada a Tarifa 2, e assim por diante.
Para apoiar o Congresso, é possível escolher esta tarifa desde 1º de abril e pagar em várias parcelas: consulte o secretariado.

  • Tarifa 1: 50 vagas a R$ 550 do 1° ao 30 de abril de 2022 (-25%)
  • Tarifa 2: 35 vagas a R$ 625 do 1° ao 15 de maio de 2022 (-20%)
  • Tarifa 3: 25 vagas a R$ 700 do 16 ao 31 de maio de 2022 (-10%)
  • Tarifa 4: 50 vagas a R$ 750 do 1° junho ao 20 de julho de 2022 (preço total)

Possibilidade de pagar em várias parcelas, dependendo da data de registro:

  • Até 30 de abril: em 3 parcelas = abril / 31 de maio / 30 de junho
  • Do 1º ao 31 de maio: em 2 parcelas = maio / 30 de junho
  • Do 1º de junho ao 25 de julho: em 1 única prestação no prazo máximo do 15 de julho

ATENÇÃO: o pagamento em parcelas não é automático.
Você mesmo deverá pagar cada prestação indicando o valor correspondente, de acordo com a discriminação indicada no formulário de inscrição.
Em caso de dúvida, não hesite em entrar em contato conosco: congresso-brasil2022@fi-willems.org.

Pagamento on-line seguro con PayPal.

  • Pagamento seguro por transferência bancária internacional 
    Uma transferência SWIFT é uma transferência de dinheiro entre 2 bancos feita através do sistema de mensagens financeiras da empresa SWIFT (Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication). É possível enviar dinheiro por SWIFT em qualquer parte do mundo, de seu espaço bancário online ou em sua agência bancária (com taxas de transferência variando de acordo com o banco).
  • Por transferência PayPal (de 3% a 5% do valor em taxas para o FIW)